Procon-SP quer limitar transferências por Pix em R$ 500 por mês

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Procon-SP pede limite de R$ 500 por mês para Pix em meio a golpes e fraudes.

Em reunião na última quarta-feira (15), o Procon-SP se reuniu com representantes do Banco Central para propor um valor máximo de R$ 500 de movimentações mensal no Pix

A proposta acontece em meio ao aumento de fraudes no sistema.

Em nota à imprensa, Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP, declarou:

“Nós reconhecemos os benefícios trazidos pelo Pix e entendemos que não se pode travar o avanço tecnológico, mas é preciso que a segurança do consumidor seja garantida.”

A ideia de Capez é de que o limite seja aplicado até que “hajam mecanismos de segurança suficientes”.

De acordo com o diretor, é dever do fornecedor arcar com eventuais prejuízos decorrentes do serviço prestado e o Procon-SP vai responsabilizar os bancos pelas perdas que o consumidor sofrer com esses golpes.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.