Procura por cursos de tiro e registro de novas armas cresce no Brasil

Idiomas:

Português   English   Español
Procura por cursos de tiro e registro de novas armas cresce no Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A procura por cursos de tiro e registro de novas armas de fogo cresceu no Brasil em 2018.


De acordo com o Sistema Nacional de Armas (Sinarm), da Polícia Federal, o registro de novas armas em todo o país cresceu 6,35% no ano passado em comparação a 2017, passando de 45.443 para 48.330.

Já os certificados de registros do tipo Colecionador, Atirador Esportivo ou Caçador (CAC), emitidos pelo Exército no estado de São Paulo, subiram de 13.408 até novembro de 2017 para 17.591 até novembro de 2018, um aumento de 31%, informa a “Folha“.

Estandes que oferecem cursos de tiro também estão notando esse crescimento em São Paulo.

Instrutores credenciados pela PF confirmam o aumento. Segundo eles, muitos alunos preferem tirar o registro pelo Exército porque como colecionador, atirador ou caçador, podem ter mais de uma arma. Já pela PF, o registro é de apenas uma.

No fim do ano passado, antes de assumir a Presidência, Jair Bolsonaro disse que pretendia assinar um decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal. Agora, como Presidente da República, ele deve seguir adiante com a promessa nos próximos dias.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...