Português   English   Español
Português   English   Español

Procurador Ailton Benedito critica decisão de Dias Toffoli

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Procurador Ailton Benedito critica decisão de Dias Toffoli

Benedito afirmou que Toffoli “esqueceu o inquérito sigiloso e inconstitucional que instaurou no STF para investigar supostas Fake News de cidadãos”.

O procurador-chefe do Ministério Público Federal em Goiás, Ailton Benedito, comentou sobre as justificativas oferecidas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, acerca da controversa decisão que suspendeu processos judiciais e investigações com dados de órgãos de controle compartilhados sem aval prévio da Justiça.

Em mensagem publicada na rede social Twitter, nesta quinta-feira (18), Benedito criticou a decisão de Toffoli:

“A decisão de Toffoli impedindo o Coaf de compartilhar dados com o Ministério Público é tão absurda, que a única possibilidade de se iniciar investigações de lavagem de dinheiro do tráfico, corrupção, organizações criminosas etc. dependerá de hackers e de Fake News de Verdevaldo.”

“Verdevaldo” é o apelido dado pelos brasileiros ao militante norte-americano Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept, que vem publicando mensagens de autoridades brasileiras obtidas ilegalmente através do aplicativo Telegram.

Em entrevista publicada pelo jornal Folha, também nesta quinta, Toffoli argumentou que o polêmico despacho configura “uma defesa de todos os cidadãos”:

“É uma defesa de todos os cidadãos, pessoas jurídicas e instituições contra a possibilidade de dominarem o Estado e, assim, atingirem as pessoas sem as garantias constitucionais de respeito aos direitos fundamentais e da competência do Poder Judiciário.”

Ainda através do Twitter, o procurador do MP-GO rebateu a justificativa oferecida pelo ministro do STF:

“Toffoli defende sua decisão de impedir compartilhamento de informações do Coaf com o MP, alegando que se trata de garantir que o Judiciário proteja os cidadãos.

Esqueceu o inquérito sigiloso e inconstitucional que instaurou no STF para investigar supostas #FakeNews de cidadãos.”

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.