Procurador-geral do Peru renuncia após decisões contra a Lava Jato

Português   English   Español
Procurador-geral do Peru renuncia após decisões contra a Lava Jato
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O procurador-geral do Peru, Pedro Chávarry, renunciou nesta terça-feira (8), em meio à crescente indignação pública com a maneira como tem lidado com a investigação de corrupção envolvendo a construtora brasileira Odebrecht.

A decisão de Pedro Chávarry acontece pouco mais de uma semana depois da demissão de dois importantes promotores envolvidos com a Operação Lava Jato peruana.

A medida do procurador-geral desencadeou ampla condenação pública no Peru e uma ameaça de suspensão enviada pelo próprio presidente Martín Vizcarra, informa a “Reuters“.

Chávarry negou as acusações de que estaria tentando interferir na investigação e, mais tarde, reconvocou os dois promotores, ambos admirados no Peru como combatentes da corrupção.

Entretanto, a reversão não foi suficiente para acalmar muitos peruanos, que continuaram protestando contra Chávarry.

Sem conseguir conter os ânimos populares, o agora ex-procurador-geral disse em comunicado que apresentou sua renúncia do Ministério Público peruano às 13h (horário de Brasília) desta terça-feira (8) por “respeito a minha instituição”.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA