PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Procuradores da República chamam iPhone SE de ‘esmola’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Lançado em 2016, smartphone da Apple foi escolhido como celular funcional pela PGR.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Uma escolha da Procuradoria-Geral da República (PGR) para a comunicação entre membros do Ministério Público Federal (MPF) não foi vista com bons olhos pela categoria. 

Em reportagem publicada nesta segunda-feira (1º), o jornal Folha de S.Paulo revela que o modelo escolhido para servir de celular funcional tem sido duramente criticado pro procuradores. 

“Esmola” foi um dos termos usados por alguns descontentes.

A tal da “esmola” mencionada por membros do MPF é o iPhone SE

Lançado em 2016 pela Apple, o smartphone está à venda no mercado na faixa de R$ 2,5 mil
Procuradores da República ganham salários de R$ 33,6 mil — além de contar com benefícios como abono, gratificação por acúmulo de ofício e auxílio-alimentação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.