- PUBLICIDADE -

Procuradores da República chamam iPhone SE de ‘esmola’

Procuradores da República chamam iPhone SE de ‘esmola’

Lançado em 2016, smartphone da Apple foi escolhido como celular funcional pela PGR.

- PUBLICIDADE -

Uma escolha da Procuradoria-Geral da República (PGR) para a comunicação entre membros do Ministério Público Federal (MPF) não foi vista com bons olhos pela categoria. 

Em reportagem publicada nesta segunda-feira (1º), o jornal Folha de S.Paulo revela que o modelo escolhido para servir de celular funcional tem sido duramente criticado pro procuradores. 

“Esmola” foi um dos termos usados por alguns descontentes.

A tal da “esmola” mencionada por membros do MPF é o iPhone SE

Lançado em 2016 pela Apple, o smartphone está à venda no mercado na faixa de R$ 2,5 mil
Procuradores da República ganham salários de R$ 33,6 mil — além de contar com benefícios como abono, gratificação por acúmulo de ofício e auxílio-alimentação.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -