4.200 procuradores e juízes se posicionam a favor da prisão em 2ª instância

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Milhares de procuradores e juízes já assinaram um manifesto em apoio à prisão de condenados em segunda instância. O movimento ganha força na semana em que o STF julgará o habeas corpus de Lula.

De acordo com informações de O Antagonista:

A nota técnica de procuradores e juízes, em apoio à prisão de condenados em segunda instância, acaba de chegar em 4.200 assinaturas (verificadas).

As adesōes continuam chegando. O movimento adquiriu uma proporção muito maior do que a prevista.

O jornal Estadão registra que o ex-procurador-geral Rodrigo Janot convocou a mobilização de internautas sobre o tema da prisão em segunda instância:

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, convocou internautas do Twitter, neste domingo, para se mobilizarem a favor da prisão após condenação em segunda instância.

Ele subscreve manifesto que será entregue nesta segunda-feira, 2, aos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) defendendo a manutenção do entendimento atual da corte, que permite a execução da pena após condenação em segundo grau. “Vamos nos mobilizar? O momento é grave e importante”, escreveu Janot, em sua conta no Twitter.

O movimento ganha força na semana em que o Supremo Tribunal Federal (STF) irá julgar o habeas corpus do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. A reunião está marcada para o dia 4.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações