PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Produção de carne nos EUA sofre com o coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

País vem registrando uma redução no na capacidade de produção de carne bovina e suína.

A pandemia de coronavírus deve continuar prejudicando a produção de carne dos Estados Unidos pelos próximos meses.

As novas medidas de segurança e a redução de funcionários estão tornando¹ as operações dos grandes frigoríficos norte-americanos ainda mais lentas.

Em algumas partes do país, os consumidores já encontram algumas prateleiras de carne vazias nos supermercados. 

Não é apenas porque as pessoas estão estocando produtos em meio à pandemia, mas porque estão sendo registradas interrupções² na cadeia de fornecimento. 

As fábricas de processamento de carne em todo o país tiveram que fechar temporariamente devido ao coronavírus, o que significa que a carne pode continuar menos disponível e mais cara no futuro próximo.

No último dia 8 de maio, o Sindicato Internacional dos Trabalhadores Comerciais e de Alimentos (UFCW) registrou uma queda de 40% na capacidade de produção de carne suína e uma redução de 25% na capacidade de produção de carne bovina. 

A agência informou ainda que pelo menos 10 mil trabalhadores de frigoríficos foram infectados ou expostos ao coronavírus. Pelo menos 30 deles morreram.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.