Português   English   Español
Português   English   Español

Produção mundial de energia renovável deve crescer 50% até 2024

Produção mundial de energia renovável deve crescer 50% até 2024

“As energias renováveis já são a segunda maior fonte de eletricidade do mundo”, disse o diretor executivo da AIE.

O relatório Renawables 2019 prevê que a capacidade mundial de produção de energia renovável dobrará nos próximos 5 anos, alavancada pela energia solar fotovoltaica.

O relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) mostra que a energia solar, eólica e hidroelétrica registraram um crescimento significativo nos últimos anos.

A produção destes tipos de energia podem aumentar em 1,2 terawatts (TW) até 2024, o equivalente à capacidade total de energia instalada nos Estados Unidos atualmente.

Conforme publicado pelo documento da AIE, a energia solar será responsável por cerca de 60% do crescimento, seguida pela energia eólica terrestre, responsável por outros 25%.

Este crescimento será impulsionado pela queda nos custos de tecnologia e nas políticas governamentais de incentivo à geração de energias renováveis.

Em um comunicado à imprensa, Fatih Birol, diretor executivo da AIE declarou:

“As energias renováveis já são a segunda maior fonte de eletricidade do mundo, mas sua implantação ainda precisa acelerar se quisermos atingir metas de longo prazo de clima, qualidade do ar e acesso à energia.”

E, segundo o site Interesting Engineering, acrescentou:

“Como os custos continuam caindo, temos um incentivo crescente para acelerar a implantação de energia solar fotovoltaica”.

A previsão é de que os custos de geração de energia solar fotovoltaica caiam de 15% a 35% até 2024, tornando a tecnologia ainda mais atraente.

O relatório alerta para que uma regulamentação acompanhe a crescente demanda e capacidade de energia renovável, para que ela não causa turbulência nos mercados de eletricidade.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: