Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

Produtores do Brasil vão a Israel estudar técnica de dessalinização

Produtores do Brasil vão a Israel aprender técnica de dessalinização
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A titular do Ministério da Agricultura teve um encontro com o embaixador de Israel nesta quarta-feira (6).

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, se reuniu na tarde desta quarta-feira (6) com o embaixador de Israel no país, Yossi Shelley. O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, também participou da reunião.

Entre as propostas debatidas na conversa estava a que permite o uso racional da água e tecnologias que aumentem a produção agropecuária no semiárido.

Israel é referência em tecnologias de dessalinização, reuso de água para abastecimento e consumo da população, e em agricultura irrigada.

Uma ideia solidificada na reunião consiste em agregar conhecimento, pesquisas e tecnologias produzidas no Brasil e em Israel por meio de um grupo de trabalho que será criado para buscar as melhores soluções aos produtores, informa o Canal Rural.

Uma das ações do grupo será levar produtores e técnicos para conhecer as tecnologias que podem ser integradas pelos dois países para ajudar no desenvolvimento do Nordeste e gerar rentabilidade ao produtor rural do semiárido.

A ministra da Agricultura destacou a necessidade de levar mais tecnologia, água e infraestrutura para a região Nordeste.

Israel é um dos pioneiros na utilização da técnica de dessalinização. A água do mar, de aquíferos e até de esgoto são submetidas ao processo de dessalinização, o que as tornam potáveis e, portanto, próprias para o consumo.

Confira mais sobre este importante assunto nesta matéria publicada pela RENOVA alguns meses atrás.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...