Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Professor de cursos ‘pró-independência’ é demitido em Hong Kong

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Hong Kong usa criatividade para criticar a Lei de Segurança da China
COMPARTILHE

A demissão acontece em um contexto de escalada da repressão da China contra ativistas pró-democracia.

Um professor de Hong Kong foi demitido do cargo após ser acusado de promover a independência do território semi-autônomo em seus cursos.

Em meio ao acirramento do controle da China no território, esta é a primeira vez que o Gabinete de Educação de Hong Kong demite um professor pelo conteúdo dos cursos ministrados.

A demissão recebeu o apoio, nesta terça-feira (6), da chefe do Executivo local, Carrie Lam.

Em conversa com a imprensa, segundo a agência France-Presse, Lam declarou:

“Devemos continuar a eliminar as ovelhas negras do setor educacional.”

E acrescentou:

“Se houver uma fração muito pequena de professores que usam seus deveres para transmitir mensagens equivocadas, promovendo um má interpretação da nação, para sujar o país e o governo de Hong Kong sem qualquer fundamento, então, a questão se torna muito séria.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram