Português   English   Español
Português   English   Español

Professor demitido por não usar pronome exigido por estudante transgênero

Professor demitido por não usar pronome exigido por estudante transgênero
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um professor do ensino médio no estado de Virgínia, nos Estados Unidos, foi demitido na última semana por supostamente desrespeitar um estudante pela sua escolha de gênero.

É a primeira vez que um educador perdeu o emprego no estado por usar pronomes de acordo com o sexo biológico para se referir a um estudante.

Por 5 votos a zero, o Conselho Escolar da instituição votou por demitir Peter Vlaming, que ensina francês, de acordo com o jornal “Gazeta do Povo“.

Vlaming, de 47 anos, foi acusado de discriminação depois de não usar os pronomes masculinos para se dirigir a uma estudante do sexo biológico feminino.

Um dia, por engano, o professor se referiu à estudante com um pronome feminino. O docente então foi colocado em licença administrativa remunerada em outubro.

Após a reclamação sobre o comportamento de Vlaming, os administradores da escola alegaram que o professor havia transgredido as políticas contra o assédio, ocasionado a sua demissão.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!