- PUBLICIDADE -

Professor do Reino Unido é acusado de vender papiros bíblicos

Professor do Reino Unido é acusado de vender papiros bíblicos

- PUBLICIDADE -

Propriedade da Sociedade de Exploração Egípcia (EES), a coleção de documentos Oxyrhynchus é preservada em Oxford.

A Universidade de Oxford, no Reino Unido, anunciou, nesta quarta-feira (16), que iniciou uma investigação interna sobre um professor acusado de vender papiros bíblicos não autorizados para lojas de arte dos Estados Unidos.

Especialista em papirologia, o professor Dirk Obbink é acusado de ter vendido uma dúzia de textos bíblicos antigos da coleção Oxyrhynchus, que reúne documentos do século III a.C. ao século VII d.C.

O Museu da Bíblia, localizado em Washington, enviou fotos de 13 textos para ajudar na identificação e concordou em devolvê-los. Estes incluem trechos do livro de Gênesis, do livro do Êxodos e do de Salmos.

Segundo o jornal Correio Braziliense, o museu afirmou que os obteve após sua venda pela Obbink à rede americana de lojas de arte Hobby Lobby. 

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -