Professor é decapitado na França após mostrar caricaturas de Maomé

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O agressor foi morto pela polícia, segundo a Procuradoria Nacional Antiterrorista, que investiga o caso.

Um homem foi decapitado, nesta sexta-feira (16), perto de Paris, capital da França.

O agressor foi morto pela polícia, segundo a Procuradoria Nacional Antiterrorista, que investiga o caso.

A vítima era um professor de história que mostrou caricaturas de Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão, disse uma fonte policial à agência France-Presse.

O ataque aconteceu por volta das 17h, perto de uma escola.

A Polícia da cidade de Conflans Saint-Honorine, a cerca de 50 km ao noroeste de Paris, foi alertada sobre a presença de um indivíduo suspeito que rondava uma escola.

A Procuradoria Nacional Antiterrorista abriu uma investigação por “assassinato em conexão com uma empreitada terrorista” e “associação criminosa terrorista”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.