Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Profissionais que atuaram em Brumadinho sob observação por décadas

Profissionais que atuaram em Brumadinho sob observação por décadas
COMPARTILHE

O governo federal anunciou que acompanhará por 20 anos profissionais que atuaram na tragédia em Brumadinho (MG).

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, anunciou nesta segunda-feira (18) que o Ministério da Saúde vai acompanhar por 20 anos a saúde de profissionais que atuaram em Brumadinho nas últimas semanas.

A saúde de 1.000 profissionais que atuam no resgate das vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão ficarão sob análise governamental por duas décadas.

O desastre aconteceu no dia 25 de janeiro e deixou até agora 169 mortos e 141 pessoas desaparecidas.

O porta-voz disse que entre os profissionais que terão acompanhamento, estão bombeiros, agentes da Força Nacional de Segurança, Defesa Civil e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama).

Pesquisadores da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), do Instituto Evandro Chagas, das universidades federais de Minas Gerais e Rio de Janeiro, a UFMG e a UFRJ, além da organização internacional Médicos Sem Fronteiras, serão colaboradores do acompanhamento, registra o site Poder 360.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários