Projeto de nova Constituição cubana confirma comunismo como meta

Português   English   Español
Projeto de nova Constituição cubana confirma comunismo como meta
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

A ditadura de Cuba aprovou neste sábado (22) o projeto da nova Constituição, que reconhece o papel do mercado e da propriedade privada, sem renunciar ao comunismo como meta.

O texto foi aprovado numa sessão da Assembleia Nacional que não teve presença da imprensa internacional e foi transmitida com atraso de duas horas aos cubanos, registra o “Estadão“.

A votação do projeto de Constituição teve a presença do ditador Miguel Díaz-Canel e do ex-ditador Raúl Castro, que ainda comanda o Partido Comunista (PCC).

O texto recoloca como objetivo o comunismo, termo que havia sido eliminado do projeto inicial, e confirma o Partido Comunista como “força política” dirigente.

Não há menção direta ao casamento homossexual no texto de 229 artigos, que será levado a um referendo em 24 de fevereiro, conforme noticiou a RENOVA.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...