Projeto para tipificar invasões como terrorismo pronto para ser votado

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A vida dos grupos de extrema-esquerda acostumados com invasões não será fácil durante o governo Bolsonaro.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) reafirmou nesta segunda-feira (29), como noticiou a Renova Mídia, que, se depender dele, invasões de propriedade privada serão tipificadas como “terrorismo”.

A declaração de Bolsonaro, com toda certeza, causou pânico grupos de extrema-esquerda como MST e MTST, que são conhecidos por praticarem atos deste tipo. O líder extremista Guilherme Boulos prometeu “resistência”.

Há um projeto na Câmara pra tipificar invasões de propriedade como terrorismo pronto para ser votado.

A proposta, do deputado federal Jerônimo Goergen, foi noticiada pela Renova Mídia em matéria publicada no dia 27 fevereiro deste ano.

O artigo que o parlamentar gaúcho pretende alterar define a interpretação do que é terrorismo e quais atos são enquadrados como tal, prevendo pena de 12 a 30 anos de reclusão, além das penas aplicadas à ameaça e violência.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.