Promotor será investigado por chamar ministros do STF de canalhas

A Corregedoria do Ministério Público de São Paulo abriu procedimento para investigar post do promotor de Justiça Ricardo Montemor com ataques a quatro ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ricardo Montemor, promotor de Justiça em São Paulo, publicou no Facebook comentários sobre a decisão dos ministros da 2.ª Turma do Supremo que, na sessão de terça-feira (24) mandaram tirar dos processos contra Lula as delações da Odebrecht.

Procurado pela reportagem do Estadão, Montemor disse que não iria se manifestar. Indagado se o post era mesmo de sua autoria ou se poderia ser fake, o promotor disse. “Vou me manifestar na Corregedoria.”

O ministro Gilmar Mendes não se manifestou sobre os ataques do promotor. Os gabinetes dos ministros Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli não retornaram contatos da reportagem.

No entanto, segundo a jornalista Mônica Bergamo, da Folha, a manifestação do Promotor chegou ao conhecimento de ministros do STF, que reagiram entre incrédulos e indignados.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia