Protesto na Argentina contra desemprego e pobreza

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Milhares de argentinos vão às ruas em protesto por trabalho.

Milhares de cidadãos da Argentina saíram às ruas de Buenos Aires, neste sábado (7), em protesto contra a falta de empregos e a pobreza.

O país da América do Sul sofre há anos com a crise econômica, intensificada pela pandemia de coronavírus.

Organizações de desempregados e grupos de esquerda encabeçaram o protesto que começou em uma igreja a oeste da capital argentina, onde milhares de peregrinos vão anualmente para pedir por emprego no santuário de San Cayetano.

A manifestação terminou na Praça de Maio, em frente à sede do governo.

Segundo a agência Reuters, Néstor Pluis, auxiliar escolar de 41 anos, declarou:

“Venho pedir pelas pessoas que não têm trabalho: meu irmão não tem, meus vizinhos ficaram sem trabalho e muita gente que vemos que está mal de todas as formas.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.