Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Protesto por gasolina na Venezuela termina em violência

Protesto por gasolina na Venezuela termina em violência
COMPARTILHE

País passar enfrenta uma intensa escassez de combustíveis apesar das fartas reservas naturais.

Um homem morreu e outro ficou ferido durante “confrontos violentos” com os militares da ditadura de Nicolás Maduro por falta de gasolina em uma cidade no leste da Venezuela.

A informação foi publicada, neste domingo (26), por uma organização de direitos humanos e a procuradoria.

Carlos Chaparro, 47 anos, morreu “durante um protesto contra irregularidades com a venda de gasolina” em Aragua de Barcelona.

A cidade, que tem uma população de cerca de 39 mil habitantes, está localizada no estado de Anzoátegui.

O procurador-geral, Tarek William Saab, confirmou a morte e denunciou que outra pessoa ficou ferida em “confrontos violentos entre civis e funcionários do GNB”, a Guarda Nacional Bolivariana, destaca o jornal Correio Braziliense.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários