Português   English   Español

Protestos contra a ditadura da Nicarágua já somam 545 mortos

Pelo menos 545 pessoas morreram e 4.533 ficaram feridas na Nicarágua desde o dia 18 de abril, quando começaram os protestos contra a ditadura de Daniel Ortega.

As informações foram divulgadas pela Associação Nicaraguense Pró-Direitos Humanos (ANPDH) nesta sexta-feira (23), segundo informações da Agência Brasil.

O secretário-executivo da organização humanitária, Álvaro Leiva, declarou:

O número de vítimas está incluído em um relatório preliminar das consequências dos protestos cívicos na Nicarágua como um direito humano.

A quantidade de feridos também aumentou, de 4.353 para 4.533, segundo a organização.

A ditadura da Nicarágua, no entanto, só reconheceu até agora 199 mortes durante a crise, que as autoridades consideram uma tentativa de golpe de Estado, que já teria sido derrotada.

A ANPDH também reportou que 1.315 pessoas foram “sequestradas” por grupos paramilitares e permanecem desaparecidas ou foram presas injustamente.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter