Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Protestos dos ‘coletes amarelos’ proibidos na Champs-Elysées

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Protestos dos 'coletes amarelos' proibidos na Champs-Elysées
COMPARTILHE

O Departamento de Polícia de Paris anunciou nesta sexta-feira (22) que os “coletes amarelos” não poderão se manifestar em certas áreas da capital da França.

Locais icônicos de Paris não receberão manifestantes dos “coletes amarelos” neste final de semana.

Os protestos do movimento contrário ao presidente Emmanuel Macron não poderão passar pela Avenida Champs-Elysées, nem por um perímetro que inclui o Palácio do Eliseu e a Assembleia Nacional.

Esta proibição ocorre seis dias após o saque de lojas e incêndios ocorridos na famosa avenida da capital durante o protesto que vem sendo realizado todos os sábados nos últimos meses.

“Há sérios motivos para acreditar que violências e degradação devem ocorrer novamente durante os protestos anunciados”, afirma o decreto assinado pelo novo prefeito de Paris, Didier Lallement, cujo antecessor foi demitido no sábado, segundo a Gaúcha ZH.

O governo francês havia anunciado na segunda-feira, a demissão do chefe de polícia de Paris e a proibição de manifestações em várias partes do país, como você viu na RENOVA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram