Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PSDB ignora comunismo e culpa militares por crise na Venezuela

COMPARTILHE

Em vídeo divulgado pelo perfil oficial do partido no Twitter nesta terça-feira (4), os tucanos tentaram conectar a irremediável crise na Venezuela aos militares, em mais uma tentativa de atacar Jair Bolsonaro (PSL).

De acordo com o vídeo, o militar Hugo Chávez foi eleito presidente da Venezuela para “pôr ordem no país, em meio à maior crise de sua história”, mas acabou piorando a situação.

“Votar em alguém só porque é militar deu ruim na Venezuela”, diz o vídeo para então mostrar uma foto de Jair Bolsonaro (PSL).

Para a campanha de Geraldo Alckmin, os principais culpados pelo colapso do país sul-americano foram os militares. Em nenhum momento a produção apontou os malefícios causados pela agenda socialista imposta por Chávez e, posteriormente, por Nicolás Maduro.

Até o próprio ditador da Venezuela já admitiu que as suas políticas socialistas foram responsáveis por gerar a dramática situação que vive o povo venezuelano.

“Os modelos produtivos que até agora temos testado fracassaram, e a responsabilidade é nossa, é minha, é sua”, afirmou Maduro no congresso do Partido Socialista Unido da Venezuela, no dia 30 de julho.

O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, rebateu o vídeo divulgado pelo PSDB em um postagem na sua conta oficial no Twitter.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE