PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Psicóloga denuncia escola que estampou foto de Bolsonaro em lixeira

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Imagens gravadas internamente pelos alunos comprovaram a existência do material ofensivo.

A psicóloga Marisa Lobo denunciou novos ataques contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, no espaço educacional. 

Marisa apontou ofensas contra o chefe do Executivo que aconteceram na Escola Estadual Abraham Lincoln, localizada na região metropolitana de Curitiba, no Paraná

Em publicação nas redes sociais, a psicológica informou que uma foto de Bolsonaro foi colada em um cesto de lixo.

Marisa disse que denúncia chegou até o seu conhecimento através dos pais dos alunos. Ela, que é presidente estadual do partido Avante, foi até à escola cobrar explicações dos responsáveis pela instituição.

A psicóloga disse, porém, que só conseguiu entrar na escola com a chegada da Polícia Militar, o que teria permitido que os cartazes fossem retirados do estabelecimento. 

Entretanto, imagens gravadas internamente pelos alunos comprovaram a existência do material ofensivo ao presidente Bolsonaro.

Segundo o site Opinião Crítica, Marisa informou que já abriu um processo criminal contra a direção da escola baseada no artigo 328 do Código Penal, que penaliza quaisquer atos que ofendam a honra do presidente da República, através de escrito ou desenho, com pena de prisão seis meses a três anos ou multa não inferior a 60 dias.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.