Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PSL critica deputado do PSOL que atacou ativista na Alesp

Tarciso Morais

Tarciso Morais

PSL critica deputado do PSOL que atacou ativista na Alesp
COMPARTILHE

Nota do PSL de repúdio ao ocorrido na Alesp durante audiência pública sobre o “escola sem partido”.

O PSL emitiu uma nota em repúdio a atitude do deputado Carlos Giannazi (PSOL-SP) durante a confusão no debate sobre o Escola sem Partido na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Para o partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, “é muito grave” o ocorrido na Alesp na noite da última terça-feira (13).

O Partido Social Liberal (PSL) afirma:

É muito grave um Deputado dentro de uma casa legislativa não aceitar o contraditório e ainda agredir fisicamente aqueles que pensam diferente e buscam se expressar dentro do parlamento paulista.

Giannazi reagiu com violência a tentativa do deputado eleito Douglas Garcia (PSL) de tomar o microfone de suas mãos. Não satisfeito, o parlamentar psolista atacou uma ativista do PSL que tentava gravar a cena, conforme noticiou a Renova Mídia.

O partido acrescentou:

A ativista Ana Claudia, acabou se ferindo no episódio, ela sofreu uma lesão seria na mão após desentendimento com o deputado do PSOL por causa do microfone. Apoiamos a conduta corajosa do jovem deputado eleito Douglas Garcia e repudiamos a ação do deputado Carlos Gianazzi e dos seus apoiadores que feriu a democracia e revoltou o povo de São Paulo com sua péssima conduta.

 

Adaptado da fonte PSL
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram