- PUBLICIDADE -

PSL desiste de propor aposentadoria branda a policiais

PSL desiste de propor aposentadoria branda a policiais
- PUBLICIDADE -

“Qualquer diálogo tem que ser conduzido pelo Rodrigo Maia”, afirmou o Delegado Waldir.

O partido do presidente da República, Jair Bolsonaro, não deve apresentar destaques ao texto de reforma da Previdência que será votado nesta semana na Câmara dos Deputados.

O líder do PSL na Casa, Delegado Waldir (GO) disse que a bancada não pode desidratar a reforma e, por isso, prefere não propor mudança na aposentadoria dos policiais.

Waldir, no entanto, admitiu que torce para que outras legendas tomem a iniciativa de colocar o tema em debate no plenário.

Segundo o site Congresso em Foco, o parlamentar declarou:

“Se tiver destaque, vai ser de outro partido. O PSL prefere não apresentar destaques e deixar que outro partido apresente, desde que esse destaque seja de comum acordo entre os líderes.”

Ele explicou que o PSL assumiu um compromisso com a reforma e, por isso, não pode “dar margem aos que podem votar contra a reforma com destaques que não sejam previamente acordados com o relator e com Rodrigo Maia”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -