Português   English   Español

PSL pode se tornar a maior bancada da Câmara

Nove partidos elegeram número insuficiente de deputados nas urnas para atingir os critérios da cláusula de barreira. Legislação permite que, nesse caso, eleitos troquem de legenda sem perder o mandato.

Além de apresentar o maior crescimento na Câmara depois das eleições do último domingo (7), pulando de um para 52 deputados eleitos, o PSL do presidenciável Jair Bolsonaro pode ser promovido a maior legenda da Casa no início do ano que vem.

Com o resultado das urnas, o partido garantiu a segunda maior bancada, atrás apenas do PT, que elegeu 56 deputados federais.

Mas o PSL ainda pode ser beneficiado pela migração de parlamentares que foram eleitos por partidos que não superaram a cláusula de barreira, instrumento criado para tentar diminuir o número de siglas com representação no Congresso.

Atual líder do partido na Câmara, o deputado Fernando Francischini diz que o PSL espera a filiação de cerca de 20 deputados federais no início de 2019. “A migração vai ser gigantesca”, disse.

Com isso, o partido passaria a ter mais de 70 filiados atuando na Casa. Segundo Francischini, também é esperado um efeito cascata nos estados e municípios, com parlamentares migrando para o PSL se seus partidos forem atingidos pela cláusula.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter