Português   English   Español

PSOL celebra resultado da ‘pressão’ contra Bolsonaro

A velha imprensa classificou a decisão de Bolsonaro sobre o Ministério do Trabalho como um “recuo”. O presidente do PSOL acredita que foi uma “fraquejada”.

A alteração no discurso de Jair Bolsonaro de que o Ministério do Trabalho não será simplesmente extinto, mas fundido com outras pastas foi mais um “recuo” do presidente eleito?

Na opinião do presidente do PSOL, Juliano Medeiros, foi sim.

“Bolsonaro dá mais uma ‘fraquejada’: depois de anunciar que extinguiria Ministério do Meio Ambiente e voltar atrás, agora é a vez do Ministério do Trabalho e Emprego”, comemorou.

“E olha que ainda nem começamos a pressão”, afirmou o psolista.

Apesar da comemoração dos esquerdistas, o presidente eleito não havia prometido a extinção do Ministério do Trabalho, mas a fusão do mesmo com outra pasta. Aparentemente, conforme noticiou a Renova Mídia, este será o caminho seguido por Jair Bolsonaro.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter