Português   English   Español

PT arrependido da estratégia de rotular Bolsonaro de ‘fascista’

PT arrependido da estratégia de rotular Bolsonaro de 'fascista'

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, vai dar mais um “cavalo de pau” e alterar o rumo da sua campanha presidencial.

Pesquisas internas feitas pelo Partido dos Trabalhadores (PT) apontaram um novo caminho para aliados de Fernando Haddad que buscam uma rota para desconstruir Jair Bolsonaro (PSL).

Integrantes da equipe do petista perceberam que “não é chamando o eleitor de Jair Bolsonaro de fascista que vão minar o apoio à sua candidatura”, segundo informações da Folha.

A ordem é explorar contradições de Bolsonaro e tentar apresentá-lo como mentiroso. Essa foi a linha definida na última propaganda, que expôs posições divergentes do presidenciável sobre o Bolsa Família.

De acordo com informações de O Antagonista:

O PT não entendeu nada.

Jair Bolsonaro tem 59% dos votos justamente porque os eleitores não acreditam que ele continue igual ao que era dez anos atrás, quando representava apenas uma franja do eleitorado.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...