PT, PSB e PSOL formam bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara

Idiomas:

Português   English   Español
PT, PSB e PSOL formam bloco de oposição na Câmara dos Deputados
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

PT, PSB e PSOL anunciaram nesta terça-feira (22) a formação de um bloco de oposição ao governo de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.


Ainda está em em negociação a adesão de PDT, PCdoB e Rede. Caso se concretize,o bloco pode chegar a 134 deputados a partir de fevereiro: PT (54), PSB (32), PSOL (10), PDT (28), PCdoB (9), Rede (1).

Segundo a “Veja“, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou:

“É importante unir forças para que possamos fazer o enfrentamento e honrar a condição de oposicionistas que os eleitores nos colocaram.”

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que a sigla será responsável pela articulação entre PDT e PCdoB. Já o PSOL se reunirá com lideranças da Rede.

No entanto, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) já indicou preferência pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o que causou tristeza em Manuela D’Ávila, conforme noticiou a RENOVA.

As atividades do Congresso Nacional começarão no dia 1º de fevereiro.

Também nesta data será realizada a eleição da Mesa Diretora, responsável pela condução dos trabalhos legislativos e administrativos na Câmara.

Sobre uma possível união do bloco esquerdista contra o governo do presidente Jair Bolsonaro, Gleisi declarou:

“Isso é fundamental para fazermos um enfrentamento firme do governo Bolsonaro que já está mostrando que não tem capacidade de sustentação pelo que está acontecendo em relação ao seu filho.”

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...