- PUBLICIDADE -

PT, PSB e PSOL formam bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara

PT, PSB e PSOL formam bloco de oposição na Câmara dos Deputados

- PUBLICIDADE -

PT, PSB e PSOL anunciaram nesta terça-feira (22) a formação de um bloco de oposição ao governo de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

Ainda está em em negociação a adesão de PDT, PCdoB e Rede. Caso se concretize,o bloco pode chegar a 134 deputados a partir de fevereiro: PT (54), PSB (32), PSOL (10), PDT (28), PCdoB (9), Rede (1).

Segundo a “Veja“, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou:

“É importante unir forças para que possamos fazer o enfrentamento e honrar a condição de oposicionistas que os eleitores nos colocaram.”

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que a sigla será responsável pela articulação entre PDT e PCdoB. Já o PSOL se reunirá com lideranças da Rede.

No entanto, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) já indicou preferência pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o que causou tristeza em Manuela D’Ávila, conforme noticiou a RENOVA.

As atividades do Congresso Nacional começarão no dia 1º de fevereiro.

Também nesta data será realizada a eleição da Mesa Diretora, responsável pela condução dos trabalhos legislativos e administrativos na Câmara.

Sobre uma possível união do bloco esquerdista contra o governo do presidente Jair Bolsonaro, Gleisi declarou:

“Isso é fundamental para fazermos um enfrentamento firme do governo Bolsonaro que já está mostrando que não tem capacidade de sustentação pelo que está acontecendo em relação ao seu filho.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -