- PUBLICIDADE -

PT quer apoio de Garotinho a Haddad ainda no primeiro turno

PT quer apoio de Garotinho a Haddad ainda no primeiro turno
- PUBLICIDADE -

O namoro entre o ex-governador do Rio de Janeiro e candidato ao estado pelo PRP, Anthony Garotinho, e o PT vem acontecendo há algum tempo.

Apesar de não ter vingado oficialmente, as negociações de apoio retornam agora numa tentativa de Fernando Haddad abrir um palanque no Rio de Janeiro ainda nesta reta final do primeiro turno.

O presidente estadual do PT, Washington Quaquá, confirmou que o partido quer o apoio de Garotinho a Haddad.

Quaquá declarou:

Eu liguei ontem (segunda) para o Garotinho. Ele me disse que vai votar no Haddad, mas que não declararia apoio agora, porque precisaria discutir melhor. Temos dialogado, mas quem fecha as alianças nacionais é a coordenação nacional. Agora é hora de unir o Brasil numa frente democrática. É um nível de apoio que a coordenação nacional teria de vir ao Rio.

Assessores próximos a Garotinho confirmam que ele continua com um bom trânsito com o PT. Um dos fatores de ligação entre as partes é o perfil do eleitorado angariado por eles, de renda mais baixas, principalmente.

Garotinho tem estado próximo de petistas e chegou a receber uma mensagem de apoio do senador Lindbergh Farias (PT) após sua condenação em 2ª instância por formação de quadrilha armada.

Além disso, sua filha, a deputada federal Clarissa (PROS), candidata à reeleição, recebeu doação da direção nacional do PT, como parte do acordo nacional entre os partidos.

Em nota, Garotinho disse que “o PT teve tudo para me apoiar, mas preferiu lançar candidatura própria. Respeito a decisão”.

 

Adaptado da fonte O Globo
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -