Português   English   Español
Português   English   Español

PT quer derrubar decreto da posse de armas

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
PT quer derrubar decreto da posse de armas

Partido dos Trabalhadores (PT) apresentou um projeto no Senado Federal para sustar o decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilita a posse de armas de fogo.

A tentativa de reverter o decreto presidencial sobre posse de armas de fogo foi apresentado pelos senadores petistas Humberto Costa, Jean Paul Prates, Jaques Wagner, Paulo Paim, Paulo Rocha e Rogério Carvalho.

Um trecho da justificativa apresentada pelos senadores afirma:

“Não houve qualquer estudo de impacto da medida introduzida pelo decreto para o sistema de saúde pública. As causas de mortes violentas por armas de fogo têm sido uma preocupação constante da Organização Mundial de Saúde e de políticas de prevenção do Ministério da Saúde de quase todos os governos.”

E, utilizando estatísticas de “pesquisadores”, acrescenta:

“Pesquisadores apontam que o crescimento (15,4% de 2006 a 2016) de homicídios por armas de fogo não são ainda maiores em razão da política de desarmamento adotada antes do decreto ora hostilizado.”

O vice-líder do PT na Casa, senador Rogério Carvalho (SE), disse que o partido vai cobrar a votação da iniciativa.

Já o líder do PSL, senador Major Olimpio (SP), não acredita na derrubada do decreto por considerar que a medida tem respaldo da população.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Pátria Educadora. Garanta sua vaga!