Português   English   Español

PT quer impedir Sergio Moro de assumir Ministério da Justiça

PT está em pânico desde que Sergio Moro aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser o próximo ministro da Justiça.  

PT está em pânico desde que Sergio Moro aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser o próximo ministro da Justiça.

O PT entrou com representação no Conselho Nacional de Justiça pedindo que a Corregedoria determine que o juiz Sergio Moro não possa assumir outro cargo público até que a investigação sobre suposta parcialidade do magistrado seja concluída.

Em representação, nove congressistas do PT alegam que Resolução Nº 135 de 13/07/2011, do CNJ, impede que ele se afaste do cargo de magistrado diante de apurações disciplinares em curso.

A ação cita o artigo 27 que estabelece que “o magistrado que estiver respondendo a processo administrativo disciplinar só terá apreciado o pedido de aposentadoria voluntaria após a conclusão do processo ou do cumprimento da penalidade”.

Um trecho da ação afirma:

A postura do representado [Moro] é extremamente grave, expondo de vez, como dito, sua parcialidade, na medida em que se utiliza da posição que conseguiu auferir na sociedade, para interferir de maneira indevida no processo eleitoral, sempre com o viés de prejudicar o Partido dos Trabalhadores e suas candidaturas. A aceitação do cargo político coroa o que sempre dissemos sobre o juiz Sérgio Moro comportar-se como ser político, não como magistrado.

 

Adaptado da fonte JOTA

Deixe seu comentário

Veja também...