Português   English   Español

PT quer remoção de conteúdo questionando segurança das urnas

A campanha de Fernando Haddad (PT) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a remoção de conteúdos questionando a segurança das urnas eletrônicas.

Durante o domingo (7) de eleição, uma ampla quantidade de vídeos, áudios e mensagens de eleitores do candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi compartilhada nas redes sociais com denúncias sobre irregularidades nas urnas.

Segundo os advogados da chapa do Partido dos Trabalhadores (PT), as denúncias questionando a segurança do sistema eletrônico de votação são notícias falsas .

Ao todo, a legenda quer a remoção de 213 postagens: 86 no Twitter, 43 no Facebook e 84 no Youtube.

O PT também pede direito de resposta e que as três empresas forneçam os dados dos autores do conteúdos. O relator é o ministro substituto Carlos Horbach, que ainda não tomou uma decisão.

A campanha de Haddad destacou que o sistema de votação eletrônico no Brasil é “referência em segurança, precisão e rapidez”, e que o voto impresso, defendido por Bolsonaro, seria um retrocesso.

 

Adaptado da fonte O Globo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter