Português   English   Español
Português   English   Español

PT sai em defesa da ditadura Maduro mais uma vez

PT sai em defesa da ditadura Maduro mais uma vez
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em nota assinada pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, a legenda acusa o Brasil e outros países de incentivarem um golpe de estado contra a ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela.

O Partido dos Trabalhadores (PT) criticou a decisão do governo Jair Bolsonaro de não reconhecer Nicolás Maduro como presidente da Venezuela.

O novo mandato do venezuelano, obtido em eleições fraudulentas sem a participação da oposição, começa no próximo dia 10 de janeiro.

Além da presidente Gleisi Hoffman, o documento foi assinado pelos líderes das bancadas no Senado, Lindbergh Farias, e na Câmara, Paulo Pimenta.

Segundo o site oficial do partido, o PT diz que repudia “a posição subserviente do governo autoritário de Jair Bolsonaro de apoiar a agenda política de Donald Trump em relação à Venezuela, que visa desestabilizar o governo eleito daquele país e acirrar seu conflito interno”

Na sexta-feira (4) o governo do Brasil e mais 12 países que compõem o chamado Grupo de Lima decidiram não reconhecer a nova gestão de Maduro – a medida foi reforçada por decisão tomada no dia seguinte pelo Parlamento venezuelano, que declarou “ilegítimo” o novo mandato do chavista.

Apenas o México se recusou a aprovar a iniciativa, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!