Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Petistas saem em defesa de Michel Temer

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
PT sai em defesa de Michel Temer

Após passarem os últimos anos propagando a narrativa “Fora, Temer”, sites e políticos ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT) criticam a Lava Jato pela prisão do ex-presidente Michel Temer.

O ex-presidente da República, Michel Temer, foi preso na manhã desta quinta-feira (21) por agentes da Polícia Federal (PF).

Temer estava a bordo de um veículo nas ruas de São Paulo quando foi interceptado e capturado pela PF. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

O ex-chefe de Estado é apontado por investigação da Lava Jato como chefe de uma organização criminosa que atua há 40 anos no Rio de Janeiro.

Depois de passar os últimos anos xingando Temer de golpista e berrando “Fora, Temer”, a blogosfera ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT) estão criticando a prisão do substituto de Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

Vamos citar dois exemplos logo abaixo:

“A prisão de Temer é uma tentativa da Lava Jato (e de Moro) saírem das cordas”, diz o Diário do Centro do Mundo.

“Prisão de Temer é presente para Bolsonaro”, relata o site Brasil 247.

Enquanto isso, em Brasília, políticos conectados ao PT também estão utilizando as redes sociais para criticar a ação da Lava Jato contra Temer.

“Me preocupa muito esse ambiente de caça às bruxas dos políticos”, alertou o senador Jaques Wagner (PT).

“Mais um gesto midiático”, disse a deputada Maria do Rosário (PT) sobre a Operação Lava Jato.

Em nota oficial publicada no site da legenda, o PT afirma que a “Lava Jato e seu comandante, Sergio Moro, travam hoje uma encarniçada luta pelo poder contra o Congresso, o Supremo Tribunal Federal e a cúpula da PGR”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email