Português   English   Español
Português   English   Español

PT tenta anular exoneração de Sergio Moro do cargo de juiz

PT tenta anular exoneração de Sergio Moro do cargo de juiz
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Para o PT, o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, não poderia ter sido exonerado porque há processos administrativos disciplinares contra ele no CNJ.

O deputado Paulo Pimenta, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, protocolou uma ação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo a anulação da exoneração do juiz Sergio Moro.

Também assinam a petição os deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP).

O desembargador federal Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o tribunal de segunda instância da Lava Jato, assinou nesta sexta-feira (16) a exoneração do juiz federal, conforme noticiou a Renova Mídia.

O magistrado deixará a toga a partir da próxima segunda-feira (19) para assumir o “superministério” de Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro em janeiro de 2019.

Para o PT, Moro não poderia ter sido exonerado porque há processos administrativos disciplinares contra ele no CNJ.

De acordo com o artigo 27 da resolução 135/2011 do próprio Conselho, um juiz processado por razões disciplinares não poderia ser afastado do cargo.

 

Adaptado da fonte Correio Braziliense

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!