Português   English   Español

Putin admite que parte do pessoal da Rússia na Venezuela já partiu

Putin admite que parte do pessoal da Rússia na Venezuela já partiu
Vladimir Putin
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“Não criamos bases militares na Venezuela, nem enviamos tropas”, disse o presidente russo.


O presidente Vladimir Putin afirmou que a Rússia não está construindo bases militares nem enviando tropas à Venezuela.

O chefe do Kremlin ressaltou, no entanto, que “deve honrar suas obrigações contratuais com o país sul-americano quanto à manutenção dos equipamentos vendidos anteriormente”.

A afirmação foi feita, nesta quinta-feira (6), durante uma reunião com os presidentes das principais agências mundiais de notícia.

Na ocasião, segundo a agência EFE, Putin declarou:

“Vendemos armas à Venezuela antes, recentemente não vendemos. Segundo os contratos, temos que honrar nossas obrigações e nossos especialistas sempre o fizeram.”

Putin admitiu que é provável que parte do pessoal russo já tenha deixado o país latino-americano:

“É muito provável que nossos especialistas, não só os militares, mas também os industriais, tenham terminado alguns trabalhos lá.”

Putin ressaltou que a Rússia cumpriu e vai continuar cumprindo suas obrigações contratuais com a ditadura de Nicolás Maduro no âmbito técnico e militar, afirmando também que seu país é contra a ingerência nos assuntos internos da Venezuela.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...