Português   English   Español

Putin diz que Poroshenko é a causa da guerra na Ucrânia

Guerra continuará enquanto governo ucraniano permanecer no poder, afirma Rússia

Referindo-se ao aumento brusco da tensão entre seu país e a Ucrânia, o presidente russo Vladimir Putin afirmou:

A guerra continuará enquanto as atuais autoridades ucranianas permanecerem no poder.

E, segundo o UOL, acrescentou:

As autoridades ucranianas atuais não têm interesse em solucionar o conflito entre Kiev e os separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia. Enquanto permanecerem no poder, a guerra irá continuar. É sempre mais fácil justificar os fracassos econômicos citando a guerra, responsabilizando um agressor externo.

Kiev e os países ocidentais acusam a Rússia, que, em 2014, anexou a península ucraniana da Crimeia, de apoiar militarmente os rebeldes no leste da Ucrânia, o que Moscou nega com veemência.

A tensão entre Moscou e Kiev aumentou depois que, no último domingo, três navios de guerra ucranianos foram capturados por forças russas no Mar Negro, na altura da Crimeia, e 24 membros da Marinha ucraniana foram presos.

Moscou acusa a Marinha da Ucrânia de ter entrado ilegalmente em águas territoriais russas, conforme noticiou a Renova Mídia.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter