Putin oferece voos fretados para turistas da Rússia na China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O surto de coronavírus na China matou 132 pessoas até o momento. Rússia toma medidas de precaução.

O governo da Rússia anunciou, nesta quarta-feira (29), que irá disponibilizar voos fretados adicionais para turistas russos que ainda estão em território chinês.

O presidente da Agência Federal de Turismo da Rússia (Rosturizm), Zarina Doguzova, afirmou:

“Decidimos que os turistas russos, que na maioria das vezes descansam na ilha de Hainan, podem retornar dentro do prazo previsto ou com até com antecedência. Para isso, vários operadores turísticos planejaram voos fretados adicionais.”

Atualmente, segundo a agência EFE, cerca de 5,6 mil turistas de nacionalidade russa estão na China, que devem deixar o país antes do dia 4 de fevereiro.

A agência federal russa informou que todos os operadores turísticos cumpriram a recomendação de deixar de comercializar pacotes turísticos para a China a partir do último dia 24 de janeiro.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.