PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Quadrilha do Chile passou a atuar no Brasil por penas mais brandas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Membros da quadrilha trocavam de identidade com frequência para dificultar a identificação e se manterem sempre como réus primários.

Em depoimento à Polícia Civil, uma quadrilha formada por bandidos do Chile disse que passou a atuar no Brasil por considerar o sistema penal mais brando do que em outros países da América do Sul.

O grupo foi preso no último sábado (17) após invadir um apartamento e fazer uma família refém no bairro do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio de Janeiro.

O delegado Antenor Lopes disse que grupo chegou a apresentar identidades venezuelanas falsas, mas depois foi constatado que tratava-se de chilenos.

“Esses bandidos ficam aqui para praticar crimes, pois acham que o sistema de segurança no Brasil é mais frágil. Eles disseram que se forem presos roubando no país de origem, eles ficam cinco ou dez anos presos e não contam com progressão de pena. Aqui cumpre um terço e saí da prisão”, disse Lopes, segundo o site UOL.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.