Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Quarentena afeta as liberdades civis, diz procurador-geral dos EUA

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Quarentena afeta as liberdades civis, diz procurador-geral dos EUA
COMPARTILHE

“É muito oneroso, pois está impedindo o sustento da população”, diz Barr sobre isolamento social.

O procurador-geral William Barr alertou que as quarentenas prolongadas estão se tornando mais prejudiciais para os Estados Unidos do que o próprio coronavírus.

Barr disse que, embora o isolamento social possa ter sido justificado para retardar a pandemia, as medidas restritivas correm o risco de fazer mais mal do que bem.

Em entrevista ao radialista Hugh Hewitt, nesta terça-feira (21), Barr declarou:

“Esses são encargos sem precedentes para as liberdades civis. A ideia de que você precisa ficar em casa é perturbadoramente próxima à prisão domiciliar. Não estou dizendo que não havia justificativas. Não estou dizendo que em alguns lugares ainda possa ser justificado. Mas é muito oneroso, pois está impedindo o sustento da população.”

De acordo com o site DailyWire, Barr comparou as quarentenas por coronavírus aos tratamentos de quimioterapia para um paciente com câncer:

“A primeira coisa é levar [o câncer] de volta a um estado mais gerenciável, e é isso que estamos fazendo e fizemos. A questão é: você não pode continuar alimentando a quimioterapia do paciente e dizer ‘bem, estamos matando o câncer’, porque estamos chegando ao ponto em que estamos matando o paciente.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.