- PUBLICIDADE -

Quarentena na Argentina entra em vigor nas próximas horas

Fernández lança campanha pela soberania da Argentina nas Malvinas
Imagem: Reprodução/Twitter
- PUBLICIDADE -

A quarentena na Argentina será mantida por militares e policiais. Já são quase 100 casos de coronavírus confirmados no país.

O presidente Alberto Fernández decretou estado de quarentena geral e obrigatória para toda a Argentina a partir dos primeiros minutos desta sexta-feira (20). 

As pessoas só poderão sair de suas casas para comparecer aos supermercados, postos de gasolina, farmácias e hospitais, destaca O Antagonista.

A medida é uma tentativa de evitar uma forte subida na curva de contágio. Na quinta-feira (18), a Argentina registrou a terceira morte de infectados pela doença. Já eram quase 100 casos confirmados no país.

A quarentena será vigiada por militares e policiais. Quaisquer movimentações que não se enquadrem nos casos acima poderão ser punidas com penas de um a quinze anos de prisão, destaca a agência EBC.

Confira outras notícias importantes desta quinta-feira (19) sobre a pandemia do coronavírus:

Funai pede para que os índios não saiam das aldeias

O presidente da Funai, Marcelo Xavier, disse que os indígenas estão sendo monitorados em meio à pandemia do novo coronavírus. Até agora, não há nenhum caso confirmado da Covid-19 entre os índios.

Cinemark suspende atividades e fecha cinemas no Brasil inteiro

A Cinemark confirmou nesta quinta-feira (19) a decisão de suspender temporariamente suas atividades em todo o Brasil. Nenhuma sala de cinema vai operar até o enfraquecimento da pandemia do novo coronavírus.

STJ cancela sessões e suspende prazos até 17 de abril 

O presidente do Superior Tribunal de Justiça , ministro João Otávio de Noronha, adotou mais um conjunto de medidas emergenciais para prevenir o contágio pelo novo coronavírus.

Indústria de cana-de-açúcar vai doar álcool para conter coronavírus

A iniciativa partiu da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), em cooperação com o Ministério da Agricultura, Ministério de Minas e Energia, o Ministério da Saúde, a ANVISA e as secretarias estaduais de saúde.

São Paulo garante isenção na conta de água para 506 mil famílias por 90 dias

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), garantiu hoje a isenção da tarifa de contas de água para família de baixa renda do estado. A estimativa do governo é beneficiar 506 mil famílias em meio a pandemia de coronavírus.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -