- PUBLICIDADE -

Quase 100 políticos assassinados no México desde setembro

Quase 100 políticos assassinados no México desde setembro
- PUBLICIDADE -

A maioria das ameaças contra os candidatos políticos vêm do crime organizado.

Na iminência de eleições locais e legislativas, o México vive uma das campanhas mais sangrentas dos últimos tempos. 

46 políticos foram assassinados entre fevereiro e abril, um número 44% maior em comparação com o mesmo período nas eleições de 2018.

Desde setembro, quando este ciclo eleitoral teve início, 88 políticos foram mortos — a maioria baleados por armas de fogo.

As informações foram divulgadas pela consultoria Integralia e compartilhadas, neste domingo (30), pelo jornal Gazeta do Povo.

De acordo com autoridades mexicanas, a maioria das ameaças contra os candidatos políticos do país são provenientes do crime organizado.

Em meio ao clima de insegurança, mais de 60 candidatos a prefeito já se retiraram da disputa em todo o país. 

Até agora, cerca de 150 candidatos receberam proteção da polícia após sofrer algum tipo de ameaça de morte desde o início da campanha.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -