Quase 2 milhões de americanos saíram do ‘bolsa-família’ na era Trump

Idiomas:

Português   English   Español
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, celebrou o resultado através da sua conta pessoal no Twitter.


Em janeiro de 2018, o Serviço de Alimentação e Nutrição do Departamento de Agricultura contabilizou 40.739.084 pessoas recebendo vale-refeição, uma espécie de Bolsa-família dos EUA.

Em janeiro de 2017, quando Donald Trump assumiu o cargo, 42.676.312 americanos recebiam os vales-refeição.

Quase 2 milhões de pessoas deixaram de receber assistência do governo para comer. O presidente norte-americano celebrou a informação no Twitter:

Aqui está uma ótima estatística – desde janeiro de 2017, o número de pessoas forçadas a usar o vale-refeição diminuiu em 1.9 milhões. O povo americano está finalmente de volta ao trabalho!

O programa assistencialista em questão custou mais de 68 bilhões de dólares no ano fiscal de 2017.

O beneficiário do “bolsa-família norte-americano” recebeu cerca de 126 dólares por mês no ano fiscal de 2017, de acordo com o Centro de Orçamento e Prioridades de Políticas.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...