- PUBLICIDADE -

Quase 200 são presos na Alemanha em protesto contra lockdown

Quase 200 são presos na Alemanha em protesto contra lockdown

A pressão tem aumentado sobre as autoridades federais e estaduais alemãs.

- PUBLICIDADE -

A polícia da Alemanha prendeu 190 manifestantes, nesta quarta-feira (18), durante um protesto contra as medidas restritivas do governo da chanceler Angela Merkel para tentar conter a pandemia de coronavírus.

Em Berlim, a polícia usou spray de pimenta e canhões de água para interromper a manifestação perto do Portão de Brandemburgo. Nove policiais ficaram feridos nos atos.

Manifestantes se recusaram a respeitar as determinações de distanciamento. Parte deles atirou garrafas e outros objetos nos policiais.

As manifestações foram organizadas para se opor a uma lei que pode ampliar os poderes do governo de impor restrições.

Em entrevista, a porta-voz do governo, Ulrike Demmer, disse que, embora deva ser garantida a liberdade de se manifestar, o distanciamento social e outras regras para conter a disseminação do vírus também devem ser respeitadas.

Já o ministro alemão da Saúde, Jens Spahn, defendeu a estratégia de combate ao vírus, incluindo a nova legislação, solicitando aos cidadãos e aos políticos que trabalhem juntos para combater a pandemia.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -