Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Quase 300 cidadãos presos em protestos no Equador

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Quase 300 cidadãos presos em protestos no Equador

Os detidos nos protestos foram acusados de atos de vandalismo e atentados contra a propriedade. 

O ministro da Defesa, Oswaldo Jarrín, informou que 277 pessoas foram presas, nesta quinta-feira (3), durante os protestos que sacudiram o Equador

Os detidos foram acusados de atos de vandalismo e atentados contra a propriedade. 

Até o momento sabe-se que pelo menos 21 policiais e 14 civis foram feridos no confronto entre forças de segurança e manifestantes, informa o jornal Gazeta do Povo.

Os protestos contra as políticas do governo — que resultaram do aumento do preço da gasolina em 123% — levaram o presidente Lenín Moreno a decretar estado de exceção em todo o país.

Deputados opositores pediram na quarta-feira (2) o impeachment do atual presidente e a convocação de eleições antecipadas durante uma sessão extraordinária da Assembleia Nacional.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email