Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Quase 300 cidadãos presos em protestos no Equador

Quase 300 cidadãos presos em protestos no Equador
COMPARTILHE

Os detidos nos protestos foram acusados de atos de vandalismo e atentados contra a propriedade. 

O ministro da Defesa, Oswaldo Jarrín, informou que 277 pessoas foram presas, nesta quinta-feira (3), durante os protestos que sacudiram o Equador

Os detidos foram acusados de atos de vandalismo e atentados contra a propriedade. 

Até o momento sabe-se que pelo menos 21 policiais e 14 civis foram feridos no confronto entre forças de segurança e manifestantes, informa o jornal Gazeta do Povo.

Os protestos contra as políticas do governo — que resultaram do aumento do preço da gasolina em 123% — levaram o presidente Lenín Moreno a decretar estado de exceção em todo o país.

Deputados opositores pediram na quarta-feira (2) o impeachment do atual presidente e a convocação de eleições antecipadas durante uma sessão extraordinária da Assembleia Nacional.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários