Quase 90% dos alemães querem mais imigrantes ilegais expulsos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Quase 90% dos cidadãos da Alemanha desejam mais agilidade nas expulsões de imigrantes em situação irregular no país.

As informações foram divulgadas em pesquisa publicada nesta sexta-feira (15), em plena revolta da direita conservadora contra a política migratória da chanceler Angela Merkel.

Um total de 86% dos entrevistados querem um processo mais rápido de deportação dos migrantes que não receberam asilo, de acordo com a pesquisa do canal público ARD.

Além disso, 62% das pessoas interrogadas consideram que os estrangeiros sem documentos que chegam às fronteiras da Alemanha devem ser vetados.

De acordo com informações do jornal O Globo:

O governo de Angela Merkel, que recebeu mais de 1 milhão de migrantes em 2015 e 2016, rejeita a expulsão em nome do direito e dos princípios de solidariedade europeus.

A chanceler continua a favor de uma solução europeia para a questão migratória, informou uma porta-voz de Merkel nesta sexta-feira.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.