Quase mil crianças recrutadas como soldados no Iêmen em 2017

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

A ONU indicou nesta terça-feira (10) que 842 crianças-soldados, algumas com apenas 11 anos, foram recrutadas em 2017 no Iêmen, país devastado por uma guerra entre rebeldes e forças do governo.

O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários no Iêmen disse em um comunicado que 76 dessas crianças participaram em combates.

As outras eram encarregadas de “monitorar postos de controle e prédios públicos, patrulhar e levar água, comida e material para posições militares”.

Em 2017, a ONU também indicou que 1.316 crianças foram mortas ou mutiladas, metade das quais foram vítimas de atentados atribuídos à coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, que iniciou uma intervenção contra os rebeldes iemenitas em 2015.

 

Com informações de AFP
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações