Português   English   Español

Quatro detentas atacadas sexualmente na Inglaterra por transgênero

tnras-priso

Um presidiário transgênero abusou sexualmente de quatro detentas em uma prisão feminina no Reino Unido.

As detentas acusaram Karen White, que vive como mulher há dois anos, por atacá-las sexualmente. Karen nasceu homem e não realizou cirurgia de mudança de sexo.

Acredita-se que os ataques tenham ocorrido entre setembro e novembro. As autoridades transferiram o transgênero para uma prisão masculina após as acusações.

O agressor deve comparecer ao tribunal no próximo mês, segundo a BBC News.

Transgêneros britânicos podem legalmente mudar seu gênero em sua certidão de nascimento se tiverem um diagnóstico médico de disforia de gênero e tiverem vivido como seu gênero preferido por pelo menos dois anos, de acordo com o Daily Mail.

Os juízes geralmente usam esses critérios para determinar se devem enviar um preso transgênero para uma prisão masculina ou feminina.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...