- PUBLICIDADE -

‘Quem não deve não teme’, diz ministro do Turismo

'Quem não deve não teme', diz ministro do Turismo
- PUBLICIDADE -

Ministro foi denunciado por falsidade ideológica, associação criminosa e apropriação indébita no caso das candidatas laranjas.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, afirmou, nesta segunda-feira (7), que não pretende se afastar do cargo.

Na última semana, Marcelo Álvaro foi denunciado pela Procuradoria Eleitoral de Minas Gerais pelo uso de candidaturas laranjas em 2018. 

Ele também foi indiciado pela Polícia Federal (PF) no inquérito da Operação Sufrágio Ostentação por falsidade ideológica, associação criminosa e apropriação indébita.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o ministro declarou:

“Quem não deve não teme. Por que me afastaria, se tenho a consciência tranquila? Não vejo problema nenhum, caso abra essa segunda investigação para caixa 2.”

E acrescentou:

“Sempre zelei por observar as regras da lei eleitoral. Portanto, estou absolutamente tranquilo em relação a esses fatos.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -